Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Malásia

Ásia, Malásia

Mais um país a não perder para quem goste de praia, cidade, compras e acima de tudo um excelente serviço! 

Estivemos na Malásia em Junho de 2011 e com muitas e boas informações sobre um país que tem muito para oferecer. A viagem incluiu a capital, Kuala Lumpur (ou KL), Penang e Langkawi. A campanha de promoção do país é "Malaysia truly Asia" e assim que chegamos percebemos porquê, uma combinação de raças (chineses, indianos, europeus,...) e de religiões (muçulmana, hindu, budista,...) e no entanto uma excelente relação entre todos e a simpatia asiática que conhecemos. 

Kuala Lumpur é uma moderna cidade asiática, prédios espectaculares como as Petronas Towers (continuam a ser as maiores torres gémeas do mundo e com um excelente restaurante no topo) e um dos melhores destinos de compras na Ásia, sobretudo nas áreas de Bukit Bintang, Chinatown e KLCC.

O destino seguinte foi Penang, uma ilha a pouco menos de uma hora de voo que deve ser paragem obrigatória para quem queira ver e aprender mais sobre culturas diferentes. Penang tem uma enorme influência inglesa e por causa disso é considerada Património Mundial pela UNESCO, o centro histórico impressiona pela quantidade e qualidade de edifícios coloniais, mas o que mais impressiona mesmo é o templo de Kek Lok Si, o maior templo chinês no Sudoeste Asiático, além de grande é um choque cultural para quem está habituado à cerimónia e silêncio das igrejas católicas e merece sem dúvida uma visita. Aqui 3 noites é a duração ideal para ficar a conhecer, aproveitando as manhãs para passear e as tardes para descansar. 

Não houve tempo para ir ao centro do país, mas aí também há dois sítios onde vale a pena ir. Um é Taman Negara, a zona da selva que fica a cerca de 3 horas de carro de KL. O acesso é demorado mas para quem queira ver macacos, elefantes, tigres e passear por algumas das mais fantásticas passadeiras suspensas com 400m de extensão vale bem a pena por 2 noites; a outra é Cameron Highlands, plantações de chá com paisagens de cortar a respiração, as ligações não são melhores, são 4 horas de transfer por estrada e depois na volta (que pode ser para Penang) são outras 4 horas, daí que sugira sempre 2 ou 3 noites para poder aproveitar um dia inteiro de passeio. 

Por último estivemos em Langkawi, espectacular! Para quem procura um destino de praia que ainda não esteja cheio de turismo este é o sítio ideal para ir.

Quanto a hotéis tenho de começar pelo The Datai (www.thedatai.com) em Langkawi, construído em cima da floresta em frente à melhor praia da ilha, mas de uma forma que na praia nem se vê o hotel quando estamos na praia, excelentes quartos (grandes e confortáveis), as villas são ainda mais espectaculares pela forma como estão inseridas na selva, o SPA é totalmente aberto, mas o que faz mesmo a diferença é a qualidade do serviço. Mas em Langkawi há outras opções, por exemplo o Four Seasons (www.fourseasons.com) também numa óptima praia (e maior) ecom mais serviços; ou então para famílias na mesma praia do Datai está o The Andaman (www.starwood.com), os quartos são bons e remodelados recentemente e tem todos os serviços e um preço mais acessível. Outra opção é ficar no Casa del Mar (www.casadelmar-langkawi.com) fica na zona das lojas, bares e restaurantes, a praia é boa mas mais movimentada, é o sítio ideal para quem quer ter animação sem precisar de alugar um carro. 

Em Kuala Lumpur sugerimos o Maya (www.hotelmaya.com.my) ou o Mandarin Oriental (www.mandarinoriental.com), ambos muito centrais ao lado das Petronas Towers, o Maya tem um excelente preço e é um óptimo hotel, mas para um serviço e qualidade verdadeiramente bons então a sugestão é o Mandarin Oriental. Quano a Penang depende do que se procure, para ficar no meio do centro histórico da Unesco a escolha tem de ser o Eastern & Oriental (www.e-o-hotel.com), prédio colonial, em frente ao mar, boa piscina e quartos gigantes; se preferir um hotel estilo resort então a opção é sem dúvida o Rasa Sayang (www.shangri-la.com), enormes jardins, em cima da praia (embora não tão boa como as de Langkawi) e um SPA mesmo muito bom. 

Informações úteis:

Como ir: As melhores ligações são com a KLM (via Amesterdão) ou por Londres com TAP e depois Air Malaysia
Documentação: Passaporte com validade mínima de 6 meses. Ao contrário de muitos outros países asiáticos, a Malásia não cobra qualquer taxa para entrar ou sair do país
Saúde: Não são necessárias vacinas 
Idioma: Malaio mas toda a gente fala Inglês
Clima: A melhor época do ano vai de Novembro a Abril, com temperaturas a rondar os 28º e dias de sol. Mas tirando Maio e Outubro (em que chove um bocado mais) qualquer mês do ano é bom 
Mais informaçõeshttp://www.tourism.gov.my