Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

São Tomé & Ilha do Príncipe

África, São Tomé & Ílha do Príncipe

Situado perto da linha do equador, São Tomé e a Ilha do Príncipe está longe de ficar-se só a meio da tabela de países a visitar numa vida. A receber-nos está um povo criado em alegria e simplicidade cuja expressão "leve-leve" é o retrato ideal deste país insular africano. A sua cadeia vulcânica traz rochas e formações de corais impressionantes, além de florestas tropicais e praias paradisíacas.

Na maior das ilhas, São Tomé, conhece-se uma reserva na selva com grande biodiversidade e o Pico Cão Grande, uma rocha vulcânica de enorme altitude.

Já o Príncipe, também com o seu alojamento de luxo, náo deixa de ser particularmente preservado pelos seus apenas 7000 habitantes.

Visitar e conhecer: além das paradisíacas praias, também são memoráveis as roças. as cascatas, as tartarugas a desovar, o Pico do Cão Grande, a fábrica de chocolate Corallo, o Ilheu das Rolas, fazer mergulho e snorkelling, a estrada em direção a Santa Catarina, a Lagoa Azul, a Boca do Inferno, o Padrão dos Descobrimentos e o Forte de São Sebastião (Museu Nacional de São Tomé e Principe).

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

  • Língua: A lingua oficial é o português e é falada pela grande maioria da população.
  • Diferença horária: Não existe diferença horária entre Lisboa e São Tomé e Príncipe.
  • Visto: Para visitar São Tomé e Príncipe é necessário passaporte com uma validade mínima de 6 meses. Os cidadãos portugueses, assim como os cidadãos nacionais de outros estados-membros da União Europeia (espaço Schengen), estão isentos de visto para permanências até 15 dias.
  • Vacinas: Não há vacinas obrigatórias, a malária é praticamente inexistente hoje em dia em São Tomé, mas é sempre bom ir à consulta do viajante para saber que cuidados devemos ter. A profilaxia da malária é quase sempre recomendada bem como o uso de repelente sempre. Podem fazer a consulta do viajante em https://www.consultadoviajante.com/ ou marcar no Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Lisboa, (telf: 213 652 600 / 213 627 553) ou ainda no Centro Regional de Saúde Publica do Norte, Porto (telf: 222 002 540).
  • Comida e bebida: A água canalizada não é toda potável por isso beba só água engarrafada e não aceite gelo nas bebidas. Há sempre muita oferta de peixe fresco e fruta.
  • Dinheiro: O Euro é aceite em todo o lado e por isso não vale a pena o câmbio para Dobras (a moeda local). Atenção que não há maquinas ATM.
  • Internet: Os hotéis do grupo HBD STP têm internet, mas nem sempre funciona bem.
  • Clima: É de tipo equatorial tropical, geralmente muito quente e húmido com temperaturas médias anuais entre os 22º e os 31º. A época seca decorre de junho a setembro e de outubro a maio regista-se a época das chuvas, com mais calor e mais chuva. Em São Tomé algumas praias têm muitas pedrinhas e ouriços e é difícil entrar na água sem sapatos apropriados.
  • Ofertas às crianças locais: material escolar e escovas de dentes. Para entregar numa das várias instituições. A abordagem principal das crianças é com a expressão "branco, doce" pare receberem rebuçados mas é de evitar dar doces às crianças. Esse hábito está a arruinar a saúde dentária dos miúdos e o país não tem condições de fazer face a este problema.
  • Criminalidade: São Tomé e Príncipe é bastante seguro mas deve imperar o bom senso e evitar comportamentos de risco.
  • Transporte: Em São Tomé existem táxis, mas outro tipo de transporte público é praticamente inexistente. Algumas carrinhas funcionam como autocarros e são muito baratas. A melhor opção é recrutar previamente os serviços de um guia até porque as estradas na ilha não são propriamente as melhores e alguns dos melhores sitios para visitar estão escondidos no meio da selva.